Parmênides (O uno e o multiplo, as formas inteligíveis) – Platão

Parmênides (O uno e o multiplo, as formas inteligíveis) – Platão

Platão
5.0/5.0
SINOPSE

Segundo estudiosos, o amadurecimento de Platão pode ser percebido a partir de Parmênides.
A evolução do pensamento platônico é notada na alteração de como se apresenta sua teoria das idéias (Parmênides teria sido escrito após diálogos que expõem essa teoria de forma mais clássica Fédon, Banquete, República e Fedro). Parmênides pode ser lido como uma autocrítica de Platão à teoria das ideias, o que determinaria uma revisão de seu pensamento. Para os mais radicais, essa autocrítica significou a rejeição total da teoria das ideias transcendentes. Este diálogo é complexo e exige do leitor atenção em profundidade, principalmente porque apresenta várias possibilidades de interpretação do pensamento platônico.

    Leia também...

    Aurora – Friedrich Nietzsche...
    Aurora – Friedrich Nietzsche...
    Publicado em 1881, ‘Aurora’ prossegue no esti...
    Detalhes
    A Guerra dos Tronos e A Filosofia – Hen...
    A Guerra dos Tronos e A Filosofia – Hen...
    Lorde Stark foi o verdadeiro responsável por seu triste...
    Detalhes
    Crítica da Razão Prática – Immanuel ...
    Crítica da Razão Prática – Immanuel ...
    Na história da filosofia ocidental, o pensamento de Kant...
    Detalhes
    Nietzsche na Itália – Paolo D’Io...
    Nietzsche na Itália – Paolo D’Io...
    Nietzsche na Itália – OUTONO DE 1876. Friedrich Ni...
    Detalhes